Economia

Repasse de R$ 17 bi ao Tesouro Nacional é aprovado pelo BNDES

Foi aprovado nesta quinta-feira (26), pelo Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), uma transferência de R$ 17 bilhões ao Tesouro Nacional. [Leia mais...]

[Repasse de R$ 17 bi ao Tesouro Nacional é aprovado pelo BNDES]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 26 de Outubro de 2017 ⋅ 12:49

Foi aprovado nesta quinta-feira (26), pelo Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), uma transferência de R$ 17 bilhões ao Tesouro Nacional. A informação foi confirmada pelos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, além do presidente da instituição financeira, Paulo Rabello de Castro..

“A liquidação antecipada poderá ocorrer parcial ou totalmente sob a forma de títulos públicos. Independentemente da forma de pagamento, a Dívida Bruta do Governo Geral – DBGG será reduzida no exato montante liquidado pelo BNDES”, diz a nota enviada à imprensa.

Em 2017 o BNDES já devolveu R$ 33 bilhões ao Tesouro e restavam os R$ 17 bilhões para concluir o total de R$ 50 bilhões, previsto para este ano. A devolução é uma liquidação antecipada de parcela da dívida do banco com a União.

“Esta antecipação não afeta a estrutura patrimonial do BNDES, nem sua capacidade de financiar projetos que irão garantir a retomada sólida do ritmo de crescimento da atividade econômica brasileira”, afirmou a nota.

Notícias relacionadas

[Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep]
Economia

Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

Por Metro1 no dia 19 de Agosto de 2019 ⋅ 17:20 em Economia

Mais de 11 milhões de beneficiários terão acesso ao benefício, pago a quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 4 de outubro de 1988

[PIS/Pasep é liberado para os nascidos em agosto]
Economia

PIS/Pasep é liberado para os nascidos em agosto

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Agosto de 2019 ⋅ 12:40 em Economia

No caso do PIS, valor total disponibilizado para os nascidos em agosto é de R$ 1,4 bilhão, para 1,6 milhão de beneficiários