Economia

Banco Central emite alerta sobre os riscos do Bitcoin

O Banco Central emitiu nesta quinta-feira (16) um comunicado alertando dos riscos da comercialização de Bitcoins, um tipo de dinheiro digital que integra um sistema econômico alternativo. Com a febre e a valorização da criptomoeda, que ganha destaque na internet por conta da adesão de uma série de internautas, fez o Tesouro Brasileiro se manifestar e ressaltar que o valor da moeda é baseado estritamente na confiança dos usuários. [Leia mais...]

[Banco Central emite alerta sobre os riscos do Bitcoin]
Foto : AP Photo

Por Matheus Simoni no dia 16 de Novembro de 2017 ⋅ 13:24

O Banco Central emitiu nesta quinta-feira (16) um comunicado alertando dos riscos da comercialização de Bitcoins, um tipo de dinheiro digital que integra um sistema econômico alternativo. Com a febre e a valorização da criptomoeda, que ganha destaque na internet por conta da adesão de uma série de internautas, fez o Tesouro Brasileiro se manifestar e ressaltar que o valor da moeda é baseado estritamente na confiança dos usuários.

\"O Banco Central do Brasil alerta que estas não são emitidas nem garantidas por qualquer autoridade monetária, por isso não têm garantia de conversão para moedas soberanas, e tampouco são lastreadas em ativo real de qualquer espécie, ficando todo o risco com os detentores. Seu valor decorre exclusivamente da confiança conferida pelos indivíduos ao seu emissor\", destacou o BC, por meio de nota.

Ainda segundo o Banco Central, há risco de perda total no Bitcoin. \"A compra e a guarda das denominadas moedas virtuais com finalidade especulativa estão sujeitas a riscos imponderáveis, incluindo, nesse caso, a possibilidade de perda de todo o capital investido, além da típica variação de seu preço. O armazenamento das moedas virtuais também apresenta o risco de o detentor desses ativos sofrer perdas patrimoniais.\"

Notícias relacionadas

[Dólar recua 0,54% nesta sexta e fecha a R$ 5,31]
Economia

Dólar recua 0,54% nesta sexta e fecha a R$ 5,31

Por Luciana Freire no dia 03 de Julho de 2020 ⋅ 20:30 em Economia

Devido ao feriado nos Estados Unidos, o pregão foi marcado pelo baixo nível de liquidez; dólar turismo recuou 0,7% cotado a R$ 5,61