Economia

Pela 6ª semana seguida, mercado sobe expectativa de inflação para 2018

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, o mercado financeiro elevou a estimativa de 4,43% para 4,44% para este ano

[Pela 6ª semana seguida, mercado sobe expectativa de inflação para 2018]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 17:40

Os analistas das instituições financeiras subiram a estimativa de inflação para este ano pela sexta semana consecutiva e também passaram a prever uma alta maior dos preços em 2019.

As expectativas constam no boletim de mercado, também conhecido como relatório "Focus", divulgado hoje (22) pelo Banco Central. O relatório é resultado de levantamento feito na semana passada com mais de 100 instituições financeiras.

Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, o mercado financeiro elevou a estimativa de 4,43% para 4,44% para este ano.

Mesmo assim, a expectativa do mercado ainda segue pouco abaixo da meta de inflação, que é de 4,5% neste ano, e dentro do intervalo de tolerância previsto pelo sistema. A meta terá sido cumprida se o IPCA ficar entre 3% e 6% em 2018.

De acordo com o G1, a meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Para alcançá-la, o Banco Central eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia (Selic).

Notícias relacionadas

[Setor de serviços cai 0,2% em agosto, diz IBGE]
Economia

Setor de serviços cai 0,2% em agosto, diz IBGE

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Outubro de 2019 ⋅ 11:20 em Economia

Índice representa o quinto resultado negativo registrado em 2019 e foi puxado pela queda nas atividades ligadas aos transportes

[Vendas do varejo caem -1,0% de julho para agosto na Bahia]
Economia

Vendas do varejo caem -1,0% de julho para agosto na Bahia

Por Juliana Almirante no dia 10 de Outubro de 2019 ⋅ 12:40 em Economia

Resultado foi alcançado na série livre de influências sazonais, depois do crescimento de 2,4% que havia sido registrado na passagem entre junho para julho