Economia

Novos fabricantes de armas se preparam para entrar no mercado brasileiro

Atualmente, o mercado doméstico é dominado pela brasileira Taurus

[Novos fabricantes de armas se preparam para entrar no mercado brasileiro]
Foto : Karine Viana/Palácio Piratini

Por Matheus Simoni no dia 26 de Outubro de 2018 ⋅ 14:00

Com base nas pesquisas eleitorais e com um eventual governo de Jair Bolsonaro (PSL), empresas fabricantes de armas de fogo estão otimistas com relação a futuros negócios no Brasil. Representantes no país de duas multinacionais de armamentos e de uma novata de capital nacional afirmam que uma vitória do candidato levará ao aquecimento da demanda por armas no Brasil e abrirá oportunidades para novas fábricas.

A informação foi divulgada pelo jornal Valor Econômico. Atualmente, o mercado doméstico é dominado pela brasileira Taurus. A Caracal, empresa do grupo estatal Emirates Defense Industries Company (Edic), dos Emirados Árabes Unidos, tem planos de erguer uma fábrica no estado de Goiás, assim como a CZ, da República Tcheca.

"O investimento previsto é de US$ 100 milhões a US$ 130 milhões", disse Paulo Humberto Barbosa, representante da companhia no Brasil, em entrevista ao jornal. Segundo ele, o projeto da empresa, que começou a ser discutido em 2014, independe de quem for eleito presidente, Bolsonaro ou Fernando Haddad (PT).

Notícias relacionadas

[Setor de serviços cai 0,2% em agosto, diz IBGE]
Economia

Setor de serviços cai 0,2% em agosto, diz IBGE

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Outubro de 2019 ⋅ 11:20 em Economia

Índice representa o quinto resultado negativo registrado em 2019 e foi puxado pela queda nas atividades ligadas aos transportes