Economia

TRF-3 derruba liminar que suspendia acordo entre Boeing e Embraer

A Boeing deterá 80% do novo negócio, enquanto a Embraer, os 20% restantes

[TRF-3 derruba liminar que suspendia acordo entre Boeing e Embraer]
Foto : Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 10 de Dezembro de 2018 ⋅ 15:00

A liminar que suspendia o acordo entre as empresas Boeing e Embraer para a criação de uma joint venture, ou seja, uma nova empresa, foi derrubado hoje (10) pelo desembargador Luiz Alberto de Souza Ribeiro, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

O juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, havia concedido, na última semana, uma liminar para suspender o acordo entre as fabricantes de aviões.

No mês de julho, as duas empresas assinaram um acordo de intenções para formar uma "joint venture" na área de aviação comercial. A nova companhia foi avaliada em US$ 4,75 bilhões. Com o acordo, a Boeing deterá 80% do novo negócio, enquanto a Embraer, os 20% restantes.

Notícias relacionadas

[Latam cancela todos os voos saindo de Santiago]
Economia

Latam cancela todos os voos saindo de Santiago

Por Kamille Martinho no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 14:40 em Economia

Cancelamento se dá em decorrência da onda de protestos violentos que atinge o país desde a última sexta-feira (18)