Economia

Fiat Chrysler propõe fusão com Renault 

A união irá produzir mais de oito milhões de veículos por ano e deve render mais de € 5 bilhões em pesquisas nos carros elétricos e outras atividades

[Fiat Chrysler propõe fusão com Renault ]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 27 de Maio de 2019 ⋅ 07:50

A Fiat Chrysler propôs uma fusão com a empresa francesa Renault. A junção das duas companhias, segundo o The Guardian, pode criar a terceira maior empresa do setor automotivo no mundo. 

A união irá produzir mais de oito milhões de veículos por ano e deve render mais de € 5 bilhões em pesquisas nos carros elétricos e outras atividades. 

Na divisão, 50% da empresa será composta pela Fiat e os outros 50% pela Renault. A união dos franceses com os japoneses é envolta em polêmica desde a prisão, no fim do ano passado do executivo francês Carlos Ghosn, ex-presidente tanto da Renault quanto da Nissan. Os japoneses acusam Ghosn de desvio de recursos das montadoras, enquanto ele afirma ter sido vítima de um golpe corporativo para impedir que levasse adiante um projeto de fundir as duas companhias.

Notícias relacionadas