Economia

Vendas do Tesouro Direto crescem 72% e batem recorde em 2019

Em dezembro, o Tesouro vendeu R$ 1,819 bilhão em títulos públicos a pessoas físicas

[Vendas do Tesouro Direto crescem 72% e batem recorde em 2019]
Foto : Marcello Casal/Agencia Brasil

Por Luciana Freire no dia 27 de Janeiro de 2020 ⋅ 19:00

O Tesouro Nacional informou hoje (27) que a venda de títulos públicos a pessoas físicas somou R$ 30,883 bilhões em 2019. O valor vendido por meio do programa Tesouro Direto é o maior para um ano desde a criação do programa, em 2002. Em relação a 2018, as vendas cresceram 72,1%.

Apenas em dezembro, o Tesouro vendeu R$ 1,819 bilhão em títulos públicos a pessoas físicas. O total de investidores ativos no Tesouro Direto, com saldo em aplicações no programa, fechou 2019 com 1.201.181 pessoas registradas.

O Tesouro Direto foi criado em janeiro de 2002 para popularizar esse tipo de aplicação e permitir que pessoas físicas possam adquirir títulos públicos diretamente do Tesouro, via internet, sem intermediação de agentes financeiros. A venda de títulos é uma das formas que o governo tem de captar recursos para pagar dívidas e honrar compromissos.

Notícias relacionadas