Economia

Inflação tem alta de 0,17% na RMS em março, diz IBGE

Resultado foi puxado por aumento de preços em seis dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados

[Inflação tem alta de 0,17% na RMS em março, diz IBGE]
Foto : Marcos Santos / USP Imagens

Por Metro1 no dia 09 de Abril de 2020 ⋅ 12:40

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é a medida oficial da inflação, ficou em 0,17% na Região Metropolitana de Salvador (RMS) no mês de março, segundo dados divulgados hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o IBGE, o resultado foi muito próximo à taxa de fevereiro (0,16%), mas bem abaixo da inflação de março de 2019 (0,76%). Ainda assim, a inflação de março na RMS foi maior que a média nacional (0,07%). Com os resultados de março, o IPCA acumula alta de 0,67% no primeiro trimestre de 2020, na RMS, acima do registrado no Brasil como um todo (0,53%).

Nos 12 meses encerrados em março, a inflação acumulada na RMS ficou em 3,27%, desacelerando em relação aos 3,88% acumulados até fevereiro e ainda um pouco menor que a média do país (3,30%).

Dos nove grupos de produtos e serviços que compõem o IPCA, seis apresentaram altas em março e puxaram o índice para cima na RMS. O maior aumento no mês veio do grupo educação (+0,69%), ainda refletindo uma parte dos reajustes anuais de mensalidades escolares (+0,74%), captadas pelo IBGE principalmente no mês de fevereiro. A segunda maior alta veio do grupo alimentação e bebidas (+0,59%). Mas a maior pressão veio dos transportes (+0,32%), que, apesar de terem registrado apenas o quarto maior aumento médio, deram a segunda principal contribuição no sentido de puxar para cima o IPCA do mês - isso porque são a segunda maior despesa das famílias na RMS.

Notícias relacionadas

[Guedes defende saída da 'letargia econômica' em dois estágios]
Economia

Guedes defende saída da 'letargia econômica' em dois estágios

Por Luciana Freire no dia 29 de Maio de 2020 ⋅ 14:40 em Economia

Para o ministro no início da crise provocada pelo novo coronavírus, as ações se concentraram na questão da saúde, “a primeira onda que o país precisou enfrentar. Agora, a...