Economia

Inadimplência cresce 26,3% em instituições privadas de ensino superior

Pesquisa teve como base uma amostra de 146 instituições brasileiras, ouviu estabelecimentos de pequeno, médio porte e de grande porte

[Inadimplência cresce 26,3% em instituições privadas de ensino superior]
Foto : Elza Fiúza/ABr

Por Luciana Freire no dia 25 de Maio de 2020 ⋅ 16:20

A taxa de inadimplência nas instituições privadas de ensino superior ficou em 26,3% em abril, um crescimento de 72,4% na comparação com o mesmo mês de 2019, quando fechou em 15,3%. A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

Dados são da pesquisa de inadimplência divulgada hoje (25) pelo Sindicato das Instituições de Ensino Superior Privado (Semesp) e já apontam impacto econômico da pandemia do novo coronavírus no setor.

As faculdades particulares são responsáveis por 75% do total de matrículas no ensino superior no país. Em 2018, foram registradas 8,4 milhões de matrículas nessa etapa.

O levantamento, feito com base em uma amostra de 146 instituições brasileiras, ouviu estabelecimentos de pequeno e médio porte (com menos de 7 mil estudantes) e de grande porte (com mais de 7 mil).

“As instituições de ensino superior de grande porte registraram a taxa mais alta de inadimplência. Em abril de 2020, o percentual ficou em 29,5%, enquanto que as instituições de pequeno ou médio porte atingiram 25,2% no mesmo período”, aponata a pesquisa.

Notícias relacionadas