Economia

Auxílio emergencial: Governo cogita estender benefício até dezembro com parcelas reduzidas

Para reduzir o valor do auxílio é preciso aprovar a mudança no Congresso; o Executivo pode prorrogar por conta própria se o valor de R$ 600 mensais for mantido

[Auxílio emergencial: Governo cogita estender benefício até dezembro com parcelas reduzidas]
Foto : Divulgação

Por Luciana Freire no dia 03 de Agosto de 2020 ⋅ 17:00

Integrantes do governo cogitam a necessidade de ampliar o auxílio emergencial do governo federal no valor de R$ 600, até dezembro deste ano, diante das incertezas em relação aos efeitos da pandemia. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Entretanto, segundo auxiliares do ministro da Economia, Paulo Guedes, o valor das parcelas adicionais teria de ser inferior aos atuais R$ 600, diante da falta de recursos no orçamento.

Para reduzir o valor do auxílio será preciso aprovar a mudança no Congresso Nacional. O Executivo pode prorrogar por conta própria apenas se o valor de R$ 600 mensais for mantido.

Segundo estimativas do Ministério da Economia o benefício gera impacto nas contas públicas de R$ 203 bilhões.

Notícias relacionadas

[Dólar tem nova alta e é cotado a R$ 5,58]
Economia

Dólar tem nova alta e é cotado a R$ 5,58

Por Luciana Freire no dia 23 de Setembro de 2020 ⋅ 19:30 em Economia

Temores sobre a retomada de lockdowns nas principais economias do mundo influenciaram o mercado; moeda norte-americana teve alta de 2,16%