Economia

Governo quer R$ 25 bi em microcrédito para mitigar fim do auxílio emergencial

O assunto foi discutido pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, na última terça-feira, com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto

[Governo quer R$ 25 bi em microcrédito para mitigar fim do auxílio emergencial]
Foto : Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 12 de Novembro de 2020 ⋅ 13:30

O governo pretende criar um programa de microcrédito para os trabalhadores informais que vão deixar de receber o auxílio emergencial no fim do próximo mês. São pelo menos 38,1 milhões de brasileiros nessa situação. O assunto foi discutido pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, na última terça-feira, com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Segundo o Estadão/Broadcast, a Caixa Econômica Federal, banco responsável pela operação do pagamento do auxílio, já tem condições de oferecer R$ 10 bilhões para financiar a nova linha de crédito. Entretanto, esse valor poderia chegar a R$ 25 bilhões com a implementação de outras medidas em estudo. Para os beneficiários, o valor do empréstimo pode ficar entre R$ 1,5 mil e R$ 5 mil.

A avaliação do governo é de que não há espaço fiscal para dar mais dinheiro aos informais e por isso, a meta seria ajudá-los a ter autonomia para trabalhar.

Notícias relacionadas