Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 20 de abril de 2024

Home

/

Notícias

/

Esportes

/

Fortaleza pretende pedir à CBF que time só volte a jogar após recuperação de atletas feridos em ataque a ônibus

Esportes

Fortaleza pretende pedir à CBF que time só volte a jogar após recuperação de atletas feridos em ataque a ônibus

A Polícia Civil de Pernambuco já instaurou inquérito policial para apurar o caso e s jogadores serão ouvidos nesta sexta-feira (23)

Fortaleza pretende pedir à CBF que time só volte a jogar após recuperação de atletas feridos em ataque a ônibus

Foto: Fortaleza EC/Mateus Lotif/Instagram

Por: Metro1 no dia 23 de fevereiro de 2024 às 09:00

Após o ataque ao ônibus do Fortaleza, o presidente do clube pretende solicitar à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que o time só volte a jogar quando os atletas feridos se recuperarem.

Em entrevista ao portal Uol, o presidente do clube  classificou o episódio como terrorismo e tentativa de homicídio. Seis jogadores ficaram feridos na última quarta-feira (21), quando o ônibus onde estavam foi atacado por torcedores do Sport após o empate por 1 a 1, pela Copa do Nordeste. Bombas e pedras foram utilizadas no ataque que aconteceu na saída da Arena Pernambuco. 

“Estamos juntando todas as documentações necessárias, como os relatórios dos atendimentos médicos de Recife, os atestados médicos, além do Boletim de Ocorrência que já foi registrado. Vamos encaminhar à CBF e à Federação Cearense para que possamos formular os pedidos. Tudo será juntado e enviado às entidades responsáveis”, disse o presidente ao portal.

A Polícia Civil de Pernambuco já instaurou inquérito policial para apurar o caso. Os jogadores do Fortaleza serão ouvidos nesta sexta-feira (23), em modalidade remota. Seis atletas ficaram feridos de forma significativa. A situação mais preocupante é a do lateral-esquerdo Gonzalo Escobar, que foi apedrejado na cabeça e acabou sofrendo trauma cranioencefálico. Ele precisou levar 13 pontos. O goleiro João Ricardo também recebeu um impacto na cabeça e passou por uma sutura com seis pontos. Marcelo Paz. Dudu, Lucas Sasha, Titi e Brítez foram feridos por fragmentos de vidro e precisaram de atendimento médico para conter o sangramento.