Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 20 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Esportes

/

STF julga permanência de Ednaldo Rodrigues na presidência da CBF nesta quarta-feira

Esportes

STF julga permanência de Ednaldo Rodrigues na presidência da CBF nesta quarta-feira

Corte deverá definir se o presidente da confederação ficará no cargo após decisão do TJ-RJ que o afastou

STF julga permanência de Ednaldo Rodrigues na presidência da CBF nesta quarta-feira

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 24 de abril de 2024 às 18:09

O STF (Supremo Tribunal Federal) vai julgar nesta quarta-feira (24) se Ednaldo Rodrigues deve ou não permanecer na presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O processo será analisado no plenário do Supremo. 

A oposição ao mandato de Ednaldo questiona a validade de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado com o MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) que previa pesos iguais para times das Séries A e B do Campeonato Brasileiro nas eleições para o comando da CBF. Embora o estatuto determine pesos diferentes para os times das duas séries.

Ednaldo ficou quase um mês afastado da presidência da CBF, entre 7 de dezembro de 2023 e 4 de janeiro, por decisão do Tribunal de Justiça do Rio, devido a problemas no processo eleitoral da entidade, e retornou ao cargo após o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), conceder uma liminar.

O motivo do afastamento foi uma ordem da 21ª Câmara de Direito Privado do TJRJ que considerou ilegítimo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre Ministério Público (MP) e a CBF, e que tornou possível a realização da eleição que elegeu Ednaldo presidente.

Depois do afastamento, o PSD e o PC do B recorreram à Suprema Corte e apontaram as possíveis consequências para a CBF caso Ednaldo se mantivesse afastado. O recurso do PSD foi negado. Já o do PC do B é o que será julgado nesta quarta-feira.