Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Esportes

/

"Que os outros racistas tenham medo", declara Vini Jr. após condenação de torcedores na Espanha

Esportes

"Que os outros racistas tenham medo", declara Vini Jr. após condenação de torcedores na Espanha

Justiça espanhola condenou a oito meses de prisão três torcedores que proferiram ofensas racistas contra Vini Jr. em jogo na Espanha em 2023

"Que os outros racistas tenham medo", declara Vini Jr. após condenação de torcedores na Espanha

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Por: Metro1 no dia 10 de junho de 2024 às 12:28

Atualizado: no dia 10 de junho de 2024 às 13:15

Nesta segunda-feira (10), a Justiça da Espanha decidiu pela prisão de três torcedores do Valencia por proferirem insultos racistas contra Vini Jr., do Real Madrid, em maio do ano passado. Nas redes sociais, o jogador brasileiro se pronunciou sobre o caso e afirmou que não vai se calar na luta antirracista.

"Muitos pediram para que eu ignorasse, outros tantos disseram que minha luta era em vão e que eu deveria apenas 'jogar futebol'. Mas, como sempre disse, não sou vítima de racismo. Eu sou algoz de racistas. Essa primeira condenação penal da história da Espanha não é por mim. É por todos os pretos", afirmou.

 A sentença é a primeira condenação na Espanha por um caso de racismo no futebol. Os três foram identificados entre os torcedores do Valencia que xingaram Vinicius Jr. de "macaco" durante um jogo. Um deles foi identificado pelo próprio jogador ao final do jogo. A polícia encontrou outros dois através de câmeras instaladas no estádio. Na ocasião, eles foram presos preventivamente, mas depois liberados enquanto aguardavam o julgamento.

"Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Caso contrário, estarei aqui para cobrar. Obrigado a La Liga e ao Real Madrid por ajudarem nessa condenação histórica. Vem mais por aí…", publicou.