Esportes

Prisão suíça oferece a Marin trabalho de auxiliar de cozinheiro

Na última quarta-feira (22), o jornal O Estado de S.Paulo publicou que a gestão da prisão suíça ofereceu a José Maria Marin, ex-presidente da CBF, trabalhos com remuneração de R$ 60 por dia. O dirigente da confederação está preso acusado de corrupção. A cela onde o cartola se encontra tem televisão, mas sem internet e telefones celulares. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Marcus Brandt/ EFE

Por Bárbara Gomes no dia 23 de Julho de 2015 ⋅ 10:55

Na última quarta-feira (22), o jornal O Estado de S.Paulo publicou que a gestão da prisão suíça ofereceu a José Maria Marin, ex-presidente da CBF, trabalhos com remuneração de R$ 60 por dia. O dirigente da confederação está preso acusado de corrupção. A cela onde o cartola se encontra tem televisão, mas sem internet e telefones celulares.

Marin ainda pode escolher o setor em que quer trabalhar, conforme a publicação do jornal há disponível o setor de etiquetas, ser auxiliar de cozinheiro, ou no serviço de correios. Entretanto, não há a confirmação se o brasileiro aceitou a oferta. 

Notícias relacionadas

['Portabilidade? Isso não é torcedor', diz Nadgol]
Esportes

'Portabilidade? Isso não é torcedor', diz Nadgol

Por Matheus Simoni no dia 22 de Julho de 2019 ⋅ 19:15 em Esportes

Para o ex-atleta do Leão, que foi criado nas categorias de base do Vitória, a formação dos jogadores nas categorias iniciais de um clube é essencial para que haja uma ide...

[Vadão é demitido da seleção brasileira feminina]
Esportes

Vadão é demitido da seleção brasileira feminina

Por Matheus Simoni no dia 22 de Julho de 2019 ⋅ 17:23 em Esportes

Alvo de críticas por parte de jogadoras e ex-atletas da equipe brasileira, o treinador não resistiu à eliminação da Copa do Mundo e ao baixo desempenho da equipe