Esportes

Goleiro da seleção brasileira de Polo nega abuso sexual em Toronto

O goleiro da seleção brasileira de polo aquático, Thye Mattos, negou que tenha abusado sexualmente de uma mulher em Toronto, no Canadá, onde são realizados os Jogos Pan-Americanos. O atleta confessou ter se relacionado com a suposta vítima e garantiu que a relação teria sido consensual. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto :

Por Bárbara Silveira no dia 25 de Julho de 2015 ⋅ 11:00

O goleiro da seleção brasileira de polo aquático, Thye Mattos, negou que tenha abusado sexualmente de uma mulher em Toronto, no Canadá, onde são realizados os Jogos Pan-Americanos. O atleta confessou ter se relacionado com a suposta vítima e garantiu que a relação teria sido consensual.

Na última sexta-feira (24), a inspetora-chefe de crimes sexuais, Joanna Beaven-Desjardins, informou que a vítima, que não teve o nome revelado, seria uma garota canadense de 22 anos e teria sido atacada no dia 16 de julho, durante os Jogos. Segundo o depoimento da vítima, Thye teria invadido a sua casa na companhia de um amigo e não usava o uniforme da delegação. No Canadá, a legislação não diferencia estupro de assédio sexual e, ambos têm pena máxima de 15 anos de detenção.

Notícias relacionadas