Esportes

\'Tudo pode acontecer\', diz Argel sobre segundo Ba-Vi da semifinal do Nordestão

O técnico Argel Fucks adotou cautela ao falar do triunfo do Vitória diante do arquirrival Bahia nesta quinta-feira (27), pelas semifinais da Copa do Nordeste, no Barradão. Para o comandante rubro-negro, mesmo vencendo o tricolor por 2 a 1 no primeiro confronto, a vaga para a final do Nordestão ainda não está definida. \'Foi a primeira vez que saímos perdendo na temporada e viramos. O adversário jogou bem e soube equilibrar. Mas nos 90 minutos, quem teve mais chances e mais atacou, mereceu o resultado. Mas agora tudo pode acontecer\', disse o treinador.[Leia mais...]

[\'Tudo pode acontecer\', diz Argel sobre segundo Ba-Vi da semifinal do Nordestão]
Foto :

Por Matheus Simoni no dia 27 de Abril de 2017 ⋅ 23:51

O técnico Argel Fucks adotou cautela ao falar do triunfo do Vitória diante do arquirrival Bahia nesta quinta-feira (27), pelas semifinais da Copa do Nordeste, no Barradão. Para o comandante rubro-negro, mesmo vencendo o tricolor por 2 a 1 no primeiro confronto, a vaga para a final do Nordestão ainda não está definida. \'Foi a primeira vez que saímos perdendo na temporada e viramos. O adversário jogou bem e soube equilibrar. Mas nos 90 minutos, quem teve mais chances e mais atacou, mereceu o resultado. Mas agora tudo pode acontecer\', disse o treinador.

Ainda segundo Argel, o Bahia pressionou bastante os donos da casa e buscou explorar as falhas do Vitória. \'Jogo duro e difícil. Veio para jogar no nosso erro, deu a bola para a gente e não nos pressionou. Fez um gol de escanteio e botou uma pressão. Até teve a expulsão que deu um equilíbrio. Mas jogamos bem, merecemos o resultado, colocamos uma bola no travessão. Jogamos o primeiro tempo, temos o segundo agora na Fonte Nova. São duas belas equipes, clássico sempre tem qualidade\', destacou.

O treinador também comentou o desempenho da equipe diante da expulsão do atacante Gustavo, ainda no primeiro tempo do Ba-Vi. Para Argel, a vantagem numérica nem sempre reflete favoravelmente no desempenho da equipe favorecida. \'Com um jogador a mais você sempre controla mais a partida, mas isso não quer dizer que você vá ganhar o jogo. Em clássico, o adversário que joga com um jogador a menos ele se sobressai. Isso aconteceu no primeiro clássico. Mas nossa equipe foi mais segura, equilibrada e mereceu. Vai ser um jogo difícil, vamos nos preparar da melhor forma que seja\', disse.

O rubro-negro se solidarizou com o atacante Hernane, do Bahia, que teve uma fratura na tíbia e deve ficar fora dos gramados por três meses. \'Queria mandar forças para Hernane. Foi muito feio. Podia ter acontecido com o David. Quero que ele volte o mais rápido possível, a gente não queria isso. Pela pancada, achei que o David também teria se machucado. Que ele volte logo a fazer o que mais sabe, que é jogar bola\', finalizou. 

Notícias relacionadas