Esportes

Bahia descarta pedir anulação de jogo contra o Inter, mas quer imagens do VAR

Paulo Roberto Alves Junior, que comandou o jogo do Inter contra o Bahia, está envolvido em outra polêmica com o VAR. Ele estava no comando do duelo Botafogo 0x1 Palmeiras que está com o resultado suspenso

[Bahia descarta pedir anulação de jogo contra o Inter, mas quer imagens do VAR]
Foto : Ricardo Duarte/Internacional

Por Alexandre Galvão no dia 13 de Junho de 2019 ⋅ 08:50

A derrota por 3x1 sofrida ontem (12) pelo Bahia deixou um gosto amargo para os dirigentes, jogadores e torcedores do Esquadrão. O primeiro gol marcado por Rodrigo Lindoso, do Internacional, foi validado pelo VAR. Mesmo com o gol controverso, a equipe de Salvador não pedirá anulação da partida.

Aos 21 minutos do primeiro tempo, quando Lindoso fez o gol, o bandeirinha assinalava impedimento. O juiz, no entanto, não concordou e recorreu à equipe de verificação de lances. 

Após quase três minutos, o lance foi dado como dentro das regras pelo árbitro Paulo Roberto Alves Junior, que comandava a partida, o que causou reações. 

Após a derrota, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani fez duras críticas à utilização da inovação tecnológica. 

A gente defenderá sempre o uso da tecnologia. Dizem que há uma imagem 3D que foi usada para confirmar o primeiro gol. A gente clama que a CBF entenda que não é a tecnologia que irá resolver se as pessoas não estiverem preparadas. Acho que há coisas que vão além de uma atitude proposital e prejudicam, que é incompetência e inabilidade para usar a tecnologia. Hoje foi mais um erro do VAR, o que vai manchando um instrumento importante para o futebol brasileiro. O Bahia não pensa em pedir anulação da partida, mas pede que os responsáveis sejam punidos. O Bahia entende que, enquanto acreditar no VAR, vai trabalhar para melhorar o sistema

Apito polêmico – Paulo Roberto Alves Junior, que comandou o jogo do Inter contra o Bahia, está envolvido em outra polêmica com o VAR. 

Roberto havia ficado fora apenas da segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Ele estava no comando do duelo Botafogo 0x1 Palmeiras que está com o resultado suspenso aguardando o julgamento do pedido de anulação impetrado pelo Alvinegro no STJD. O julgamento está marcado para o dia 18, em Salvador.

Notícias relacionadas