Esportes

Putin diz que punições por doping devem ser individuais

País foi banido de competições oficiais por quatro anos

[Putin diz que punições por doping devem ser individuais]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 19:00

O presidente russo Vladimir Putin disse ontem (9) que a Rússia deve recorrer da punição aplicada pela Agência Mundial Antidoping (Wada), declarando que ela é política e que a Rússia deveria poder participar normalmente de competições, já que o Comitê Político do país não deve ser responsabilizado por atos de indivíduos.

"Se não há qualquer reclamação contra o comitê, então o país deve competir sob a sua própria bandeira. Isto está escrito na Carta Olímpica. Desta forma, a decisão da Wada viola a Carta. Temos todas as condições de apelar", afirmou Putin. A Wada anunciou suspensão de quatro anos ao país, que não pode também sediar eventos esportivos mundiais durante a punição, após casos sucessivos de fraude e doping nos últimos anos.

Notícias relacionadas