Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Home

/

Notícias

/

Internacional

/

Palco desaba durante comício de candidato à presidência no México e deixa nove pessoas mortas

Internacional

Palco desaba durante comício de candidato à presidência no México e deixa nove pessoas mortas

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que as torres de base de sustentação do cenário desabou devido a um vendaval

Palco desaba durante comício de candidato à presidência no México e deixa nove pessoas mortas

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Por: Metro1 no dia 23 de maio de 2024 às 14:40

Um palco desabou na noite de quarta-feira (22), no México, durante um comício do candidato a presidência no país, Jorge Álvarez Máynez. Nova pessoas morreram e cerca de 50 ficaram feridas pelo incidentem, segundo informações das autoridades. 

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que as torres de base de sustentação do cenário desabou devido a um vendaval, fazendo que um telão caísse no palco onde estavam Máynez e outros candidatos do Movimento Cidadão.

O evento também era de encerramento de campanha da candidata à prefeitura de San Pedro, Lorenia Canavati, acompanhada por Álvarez Máynez, na cidade do estado de Nuevo León.

Samuel Garcia, o governador de Nuevo León, anunciou nas redes sociais o número de vítimas. “Acabo de visitar a Clínica 7 e lamento informar que até o momento o número de pessoas mortas no acidente é de oito adultos e um menor de idade”, disse na plataforma X (Antigo Twitter). 

De acordo com Garcia, os fortes ventos derrubaram o palco, sido solicitado ainda que as pessoas procurassem abrigo por conta da tempestade na região. 

O partido informou que os eventos foram suspensos em solidariedade aos afetados. Nas redes sociais, o candidato destacou que se preocupa com as vítimas. “Estou bem e em comunicação com as autoridades do estado para acompanhar o ocorrido. A única coisa importante neste momento é prestar atendimento às vítimas”, disse Jorge Álvarez Máynez.