Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Internacional

/

Filho de presidente dos EUA, Hunter Biden é acusado por porte ilegal de armas

Internacional

Filho de presidente dos EUA, Hunter Biden é acusado por porte ilegal de armas

A decisão é histórica, com o primeiro julgamento criminal de um filho de um presidente americano em exercício

Filho de presidente dos EUA, Hunter Biden é acusado por porte ilegal de armas

Foto: Reprodução/AP News

Por: Metro1 no dia 11 de junho de 2024 às 16:38

Atualizado: no dia 11 de junho de 2024 às 18:00

O filho do presidente dos Estados Unidos, Hunter Biden, é declarado culpado no processo que o acusa de posse ilegal de arma de fogo em 2018. Os 12 jurados do caso votaram contra Hunter pelos três crimes imputados no processo. A decisão é histórica, com o primeiro julgamento criminal de um filho de um presidente americano em exercício. 

A declaração de culpa foi feita em um tribunal de sua cidade natal, Wilmington (Delaware), por mentir na documentação para adquirir a arma, um revólver calibre 38, e por posse ilegal após a compra. Hunter deixou o tribunal sorrindo, de mãos dadas com sua esposa Melissa Cohen Biden. 

O presidente dos EUA, Joe Biden, destacou que “respeita o processo judicial” e expressou a seu filho seu “amor e apoio”. “Sou o presidente, mas também sou pai”, afirmou em comunicado emitido pela Casa Branca.

O parecer chega em um momento em que o líder democrata tenta a reeleição e menos de duas semanas após Donald Trump, possível candidato presidencial republicano, ter sido condenado por crimes de falsificação de documentos contábeis.

A decisão do tribunal ocorreu no mesmo dia em que o presidente prevê um discurso sobre a limitação da proliferação de armas, um problema endêmico nos Estados Unidos.