Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Jornal da Metropole

/

Pegue a visão: confira a rodada de dicas da redação desta semana

Jornal Metropole

Pegue a visão: confira a rodada de dicas da redação desta semana

Coluna de dicas é publicada semanalmente no Jornal Metropole

Pegue a visão: confira a rodada de dicas da redação desta semana

Foto: Sidney Falcão/Metropress

Por: Metro1 no dia 20 de junho de 2024 às 00:00

Regina Jorge: Se nada der certo, abra uma empresa fabricante de paraquedas. Os paraquedistas não costumam reclamar quando seu paraquedas não funciona.

Roque Pinto: Não é porque você não sabe dançar que você não vai dançar. Assinado: Álcool

Bob Marley: Como assim eu não sei demonstrar afeto? Acabei de te mandar a imagem de dois tatus-bola com a legenda “nós”.

Davi e Mani: Minha saga é acompanhar ironicamente alguns influencers no Instagram. Acho o conteúdo deles tão ruim que acabo me divertindo. O problema é que, em algum momento, me perco na ironia e viro fã deles. Nem ouse falar mal.

Flávia Vizinha: Todo mundo fala que ir ao supermercado com fome é ruim porque você gasta mais, mas ninguém fala sobre o rombo no orçamento que é ir ao supermercado triste. As compras são insanas. Uma vez saí com uma torta holandesa inteira.

Ronald Mc Donald’s: Quero fazer uma enquete pública: vocês comem coisas vencidas? Se sim, qual a data limite?

Alonso: Fui dormir pra não pensar no problema, sonhei com ele.

Pedro Bial: Deus, se possível, eu gostaria de testar se dinheiro não traz felicidade mesmo. Preciso tirar minhas próprias conclusões.

Maná: Dizem que você foi feito pra mim. Talvez como uma forma de punição.

Menina do Trânsito: O jogo mais perigoso que existe: descansar os olhos quando você já desligou o alarme.

Isadora: São João me lembrou como é triste a vida adulta. Como pode ninguém interromper seu trabalho para ensaiar quadrilha?

Remi: Não bloquearei nenhuma conta de tigrinho que me adicionar no Instagram, pois preciso de AMIZADES comprometidas com minha prosperidade financeira.

Resende: A pessoa que pede pro amigo filmá-la enquanto ela finge que não está sendo filmada é perigosíssima, capaz de qualquer coisa, grau elevadíssimo de psicopatia.

Ana Maria: Hoje tem várias tarefas competindo pra ver qual eu quero menos fazer.

Nega Lôra: Não tem nenhuma política aí pra tornar abandono paterno um crime hediondo com pena mínima de 5 anos de cadeia, não? Só pra eu ver uma coisa aqui.

Juninho: A Netflix vai aumentar seu valor mensal para R$ 59,90. É incrível como a principal empresa responsável pelo declínio da pirataria de séries e filmes agora faz campanha pela volta dela.

Buçanha: Sim, tenho isqueiro. Mas também tenho um nome, tenho uma história, eu tenho uma identidade.

Boto Cor-de-rosa: Na minha situação atual, se eu for cortar uma cebola, é ela que chora.

Romilda: Quer entender sobre gratidão? Treine intensamente por um ano e depois pare por um mês.

Guto: Dica infalível para nunca mais errar no cardio: faça 30 minutos todos os dias. Se não fizer, adicione mais 30 minutos no dia seguinte. Eu testei e funciona. Amanhã vou fazer 9 horas e meia.

José: Sempre uma opinião. Nunca um pix.

Eri: “Pelo menos vou ter hisória pra contar”, como se eu fosse contar pra alguém esses micos que eu passo.

Robertinha: Alguns dias eu arraso nos treinos, outros dias ele me arrasa. Não importa, de qualquer maneira, estamos arrasando.

Filho de Jack: O amor não é aquilo que você passa a vida inteira tentando definir. O nome disso é abdômen. Amor é outra coisa.