Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 13 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Jornal da Metropole

/

Em meio a polêmicas, Moura Dubeux adquire licença ambiental para construir empreendimento no antigo Hotel Pestana

Jornal Metropole

Em meio a polêmicas, Moura Dubeux adquire licença ambiental para construir empreendimento no antigo Hotel Pestana

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, a licença só foi emitida agora porque houve mudanças no projeto que necessitavam novas análises

Em meio a polêmicas, Moura Dubeux adquire licença ambiental para construir empreendimento no antigo Hotel Pestana

Foto: Metropress/Tacio Moreira

Por: Metro1 no dia 04 de julho de 2024 às 00:00

Matéria publicada originalmente no Jornal Metropole em 4 de julho de 2024

Velha conhecida dos soteropolitanos, a construtora Moura Dubeux parece ter levado mais uma. Na última semana, a empresa pernambucana conseguiu, depois de pelo menos um ano de espera, a licença ambiental da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) para início das obras no antigo Pestana - antigo cinco estrelas Le Meridien Localizado na Rua Fonte do Boi, de frente para o mar do Rio Vermelho, o Pestana fechou as portas em 2016 após uma crise financeira e foi adquirido em 2022.

O projeto para o espaço foi anunciado como um Retrofit residencial, nome requintado para se referir a prédios antigos restaurados de forma a preservar a arquitetura. Meses depois da compra, ele já estava sendo anunciado por corretores em contato com possíveis compradores, antes mesmo das brechas burocráticas serem respondidas. Posteriormente, a construtora afirmou que não havia autorizado os anúncios.

Só agora, a Sedur concedeu a licença ambiental. Segundo a pasta, o motivo da demora aconteceu porque, durante o processo de obtenção do alvará, houve mudanças no projeto que necessitavam novas análises. No local, é esperado que a construtora levante mais outras três torres residenciais de alto padrão, totalizando, junto com o edifício original, 506 apartamentos de luxo. Agora, a empresa terá mais quatro anos para erguer a construção.

O Le Meridien foi um dos mais imponentes hotéis da cidade. Nele, já hospedaram figuras como a ex-primeira dama americana Hillary Clinton e o astro do futebol Pelé. Agora, ele passa integrar a lista de empreendimentos da Moura Dubeux, da qual fará parte também o antigo Bahia Othon Palace, localizado na orla de Ondina e arrematado no final do ano passado, em leilão cujo valor total alcançou os R$ 109 milhões.

Relembre as denúncias

É desde 2022 também que diversas polêmicas circulam sobre a construtora e alguns de seus empreendimentos. No mesmo ano de compra do Pestana, a empresa começou a ser investigada pela Delegacia do Consumidor por comercializar apartamentos sem observar determinações legais, como o registro de incorporação (RI) do imóvel. A poucos metros do Bahia Othon Palace, outra polêmica da construtora: os empreendimentos de alto padrão no Undae Ocean e no Beach Class Ondina, onde 70 proprietários tiveram anotações nas matrículas de seus imóveis, relacionando-os a um litígio existente entre a empresa e os antigos donos do terreno no qual os condomínios foram construídos.