Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Terça-feira, 16 de abril de 2024

Justiça

TRE retoma julgamento nesta quarta-feira com placar favorável a Moro

Senador do Paraná responde a duas ações por abuso de poder econômico na pré-campanha eleitoral de 2022, mas nega as acusações. O relator, desembargador Luciano Falavinha, foi o único a votar e se manifestou em defesa do senador

TRE retoma julgamento nesta quarta-feira com placar favorável a Moro

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 03 de abril de 2024 às 08:47

Atualizado: no dia 03 de abril de 2024 às 08:54

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), retoma, nesta quarta-feira (3), o julgamento que pode levar à cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR) por abuso de poder econômico nas eleições de 2022.

A sessão será iniciada nesta tarde, às 14h, com o voto do desembargador José Rodrigo Sade, indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo. O magistrado pediu vista na segunda-feira após o relator Luciano Carrasco Falavinha Souza ter se manifestado contra a perda do mandato do ex-juiz.

Na sequência, os votos serão proferidos pelos outros cinco integrantes do TRE. Além desta quarta, a Corte reservou a sessão de 8 de abril para concluir o julgamento. Em último caso, pode haver uma audiência no dia 9. Conforme o órgão, todos os membros votam porque os processos envolvem possível perda de mandato. Em ações sem esse tipo de especificidade, o presidente só votaria em caso de empate.

Qualquer que seja a decisão no tribunal paranaense, cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O senador é alvo de duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs), que apontam abuso de poder econômico, caixa dois e utilização indevida de meios de comunicação social durante a pré-campanha eleitoral de 2022.