Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Terça-feira, 11 de junho de 2024

Home

/

Notícias

/

Justiça

/

Com unanimidade no STF, Carla Zambelli e Walter Delgatti se tornam réus por invasão aos sistemas do Jucidiário

Justiça

Com unanimidade no STF, Carla Zambelli e Walter Delgatti se tornam réus por invasão aos sistemas do Jucidiário

A deputada e o hacker são acusados de tentar adulterar informações oficiais do sistema Judiciário, incluindo o CNJ

Com unanimidade no STF, Carla Zambelli e Walter Delgatti se tornam réus por invasão aos sistemas do Jucidiário

Foto: Pablo Valadares

Por: Metro1 no dia 21 de maio de 2024 às 16:59

A deputada Carla Zambelli (PL-SP) e o hacker Walter Delgatti se tornaram réus pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), por invasão de sistemas do Poder Judiciário, incluindo o do Conselho Nacional de Justiça. A votação, nesta terça-feira (21), teve unanimidade, com 5 votos a 0. 

A denúncia foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Carla e Delgatti, e ambos irão responder pelos supostos crimes. Ainda não há data para o julgamento. 

O ministro Alexandre de Moraes, foi o relator do caso, por se tratar de crimes contra o Poder Judiciário, e afirmou que a acusação atende a requisitos processuais. “Não há dúvida de que a inicial acusatória expôs, de forma clara e compreensível, todos os requisitos necessários para o pleno exercício do direito de defesa e recebimento da denúncia”, pontuou.

Em seguida, os quatro outros ministros da Primeira Turma votaram, foram eles: Cármen Lúcia, Luiz Fux, Cristiano Zanin e Flávio Dino.

De acordo com a denúncia, a deputada comandou a invasão a sistemas usados pelo Poder Judiciário, para adulterar informações oficiais. Delgatti teria operado a ação ilegal a mando da parlamentar, entre agosto de 2022 e janeiro de 2023.