Justiça

Justiça bloqueia R$ 5,3 mi de ex-prefeito de Conde

Antônio Eliud é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

[Justiça bloqueia R$ 5,3 mi de ex-prefeito de Conde]
Foto : Divulgação/Praias 360

Por Lara Curcino no dia 06 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00

A Justiça bloqueou R$ 5.361.175,73 do ex-prefeito de Conde, no interiro da Bahia, Antônio Eliud de Sousa Castro, após o Ministério Público Federal na Bahia ajuizou contra ele e quatro familiares pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e fraude na prorrogação de contrato.

De acordo com o MPF-BA, entre 2009 e 2012 o então gestor municipal, além da esposa dele, Marta Maria D'Ávila Argollo; a mãe, Atanil Sousa de Castro, a irmã, Consuelo Maria Sousa de Castro e o cunhado, Vítor Martins Ramos, receberam propina em suas contas bancárias 98 vezes, no valor total do que foi tomado pela Justiça. 

O dinheiro foi pago por oito empresas contratadas pela prefeitura da cidade. As companhias teriam esquema de entrega da verba a cada duas semanas.

Notícias relacionadas