Justiça

Suspeito de matar Marielle afirma ter encontrado suposto comparsa no dia do crime; assista

Segundo as investigações, Ronnie foi quem disparou contra a vereadora para matá-la

[Suspeito de matar Marielle afirma ter encontrado suposto comparsa no dia do crime; assista]
Foto : Reprodução / YouTube

Por Metro1 no dia 12 de Novembro de 2019 ⋅ 16:54

O policial reformado Ronnie Lessa, suspeito de atirar e matar a vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes, disse em depoimento ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) que se encontrou com o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, apontado pelas investigações como seu comparsa, no dia do crime. O depoimento foi prestado no último dia 4.

“Com certeza. Ele foi em minha casa. Na Avenida Lúcio Costa, número 3.100. Foi na minha casa no dia do crime”, afirmou Ronnie. Ainda na oportunidade, ele disse para promotoria que conhece Élcio há quase 30 anos. E, acrescentou: “Não tem aquela rotina… Toda semana vou estar na casa do Élcio. Toda semana ele vai estar em minha casa. Sou padrinho do filho dele”.

Segundo as investigações, Ronnie foi quem disparou contra Marielle para matá-la. Ainda de acordo com as investigações, Élcio foi o motorista do carro usado para perseguir e matar Marielle e seu assessor Anderson Gomes.

Assista ao depoimento, publicado pelo canal TV Coiote, no qual ele nega participação no crime:

Notícias relacionadas