Terça-feira, 30 de novembro de 2021

Justiça

Justiça determina quebra de sigilos do ministro Ricardo Salles

MP paulista apura suposto enriquecimento ilícito do ministro, no período em que ele trabalhou no governo Alckmin; Salles nega irregularidades

Justiça determina quebra de sigilos do ministro Ricardo Salles

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Por: Adelia Felix no dia 22 de novembro de 2019 às 19:19

A Justiça paulista determinou a quebra do sigilo fiscal e bancário do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, alvo de uma investigação de suspeita de enriquecimento ilícito conduzida pelo Ministério Público Estadual (MP-SP) desde junho. As informações são do Estadão.

Segundo a reportagem, a decisão é de segunda-feira (18), da 10.ª Câmara de Direito Público. O MP-SP já havia solicitado os dados do ministro em duas ocasiões, mas os pedidos haviam sido negados pela Justiça. 

A investigação apura como o patrimônio de Salles saltou de R$ 1,4 milhão para R$ 8,8 milhões entre 2012 e 2018 e é conduzida pelo promotor Ricardo Manoel Castro. Salles nega irregularidades em suas contas. “Todos os meus rendimentos e bens foram declarados por mim mesmo. Não tenho nenhum receio acerca da análise dos dados”, disse o ministro ao jornal. 

Justiça determina quebra de sigilos do ministro Ricardo Salles - Metro 1