Justiça

Júri popular de acusados por incêndio da boate Kiss é marcado para março

A tragédia ocorreu em 2013 e causou a morte de 242 pessoas

[Júri popular de acusados por incêndio da boate Kiss é marcado para março]
Foto : Divulgação/Polícia Civil do Rio Grande do Sul

Por Lara Curcino no dia 17 de Janeiro de 2020 ⋅ 14:20

A Justiça confirmou ontem (16) quando será realizado o júri popular de três acusados pela morte de 242 pessoas no incêndio da boate Kiss, ocorrido em 2013. O juiz Ulysses Fonseca Louzada, da 1ª Vara Criminal de Santa Maria, definiu que a data será o dia 16 de março.

O julgamento de Luciano Augusto Bonilha Leão, Marcelo de Jesus dos Santos e Mauro Londero Hoffmann ocorre a partir das 10h, no município de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde ocorreu a tragédia.

O quarto acusado no caso, Elissandro Callegaro Spohr, vai ser julgado em Porto Alegre, em data que ainda não foi decidida. Mauro e Elissandro, integrantes da banda que apresentou show pirotécnico na noite em que o local pegou fogo, foram denunciados 242 vezes por homicídio duplamente qualificado e 636 vezes (número de sobreviventes identificados) por tentativa do mesmo crime.

Notícias relacionadas