Justiça

Para enfrentar pandemia, não se deve sair da democracia, diz Fachin

“É dentro da legalidade constitucional que precisamos enfrentar essa crise”, completou o ministro do STF

[Para enfrentar pandemia, não se deve sair da democracia, diz Fachin]
Foto : Fellipe Sampaio / SCO / STF

Por Luciana Freire no dia 01 de Junho de 2020 ⋅ 15:20

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou hoje (1º) que “não deve haver saída da crise com saída da democracia”. Declaração foi feita em uma palestra virtual, promovida por uma universidade de Brasília, sobre a pandemia de covid-19 e crise humanitária. A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

“Sair da crise não pode significar sair da democracia, é dentro da legalidade constitucional que precisamos enfrentar essa crise”, afirmou o ministro.

Para Fachin, assim como o médico atende um paciente com base em protocolos e experiências anteriores, também a sociedade deve observar os protocolos democráticos para lidar com a situação, “para que o enfrentamento dessa crise seja um laboratório da democracia, e não seja, em hipótese alguma, um laboratório de autoritarismo”.

Notícias relacionadas