Justiça

Alexandre de Moraes arquiva notícia-crime contra Salles pelo 'passar da boiada'

Ministro do Meio Ambiente disse em reunião que o governo federal deveria aproveitar a pandemia da Covid-19 para "passar reformas infralegais de desregulamentação" na legislação ambiental

[Alexandre de Moraes arquiva notícia-crime contra Salles pelo 'passar da boiada']
Foto : Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

Por Geovana Oliveira no dia 09 de Outubro de 2020 ⋅ 19:00

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou o arquivamento de uma notícia-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que em reunião ministerial do dia 22 de abril disse que o governo deveria aproveitar a pandemia da Covid-19 para “passar a boiada” na legislação ambiental. A decisão acolhe parecer do procurador-geral da República, Augusto Aras.

Na reunião, Salles afirmou que o governo federal deveria aproveitar “o momento de ‘tranquilidade’, em que imprensa está com atenção voltada para a cobertura da pandemia do novo coronavírus, para 'passar reformas infralegais de desregulamentação' e simplificar normas”.

A petição foi formulada e encaminhada ao Supremo por senadores e deputados da Rede e PSB, e apontava suposto cometimento dos crimes de prevaricação, advocacia administrativa e por crimes de responsabilidade.


 

Notícias relacionadas