Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Donos de bares e restaurantes em Portugal fazem greve de fome contra lockdown

Manifestantes disseram que não comerão até que sejam recebidos pelo primeiro-ministro e pelo ministro da Economia

[ Donos de bares e restaurantes em Portugal fazem greve de fome contra lockdown]
Foto : Sarmento Matos/Bloomberg/Getty Images

Por Luciana Freire no dia 01 de Dezembro de 2020 ⋅ 21:00

Em Portugal, nove proprietários de restaurantes, bares e casas noturnas iniciaram o quinto dia de greve de fome hoje (1°) em frente ao Parlamento, em protesto contra as restrições impostas devido ao coronavírus.

Os manifestantes, acampados diante do Parlamento e vivendo de água, chá e café doados por seus apoiadores, disseram que não comerão até que sejam recebidos pelo primeiro-ministro e pelo ministro da Economia.

Bares e casas noturnas estão fechados desde março e enquanto os restaurantes foram autorizados a reabrir em maio. No entanto, um toque de recolher e o isolamento nos fins de seman irritou empresários do ramo.

Uma petição on-line do movimento por trás da greve está ganhando força, com quase 45 mil assinaturas até agora e ganhando vários milhares a cada hora.

Notícias relacionadas

[Trump deixa Casa Branca]
Mundo

Trump deixa Casa Branca

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:49 em Mundo

Presidente dos EUA não irá à posse de Joe Biden

[Biden anuncia primeiras medidas do governo]
Mundo

Biden anuncia primeiras medidas do governo

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:30 em Mundo

Presidente eleito dos EUA informa retorno à OMS, ao Acordo de Paris e interrupção da construção do muro na fronteira com o México

[Posse de Biden terá segurança reforçada]
Mundo

Posse de Biden terá segurança reforçada

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 07:17 em Mundo

Isso acontece após o ataque ao Capitólio por apoiadores de Trump durante a sessão de confirmação da vitória do democrata nas eleições