Mundo

Mulher morre após ser jogada em fogueira durante ritual religioso

Uma mulher de 25 anos morreu após ser jogada em uma fogueira durante um suposto ritual religioso na rural El Cortezal, na Nicarágua. De acordo com o jornal "El País",vítima foi queimada depois de um pastor dizer que ela estava "endemoniada". [Leia mais...]

[Mulher morre após ser jogada em fogueira durante ritual religioso]
Foto : Polícia Nacional da Nicarágua/Divulgação

Por Yasmin Garrido no dia 01 de Março de 2017 ⋅ 18:02

Uma mulher de 25 anos morreu após ser jogada em uma fogueira durante um suposto ritual religioso na rural El Cortezal, na Nicarágua. De acordo com o jornal "El País",  vítima foi queimada depois de um pastor dizer que ela estava "endemoniada".

Vilma Trujillo García morreu na última terça-feira (28) no hospital de Manágua após ter ficado em coma e ter sofrido queimaduras em 80% do corpo. Ela foi jogada na fogueira no último dia 21 de fevereiro e estava internada desde então.  De acordo com o marido da vítima, ela foi amarrada e queimada e, sem seguida, teve o corpo lançado de um barranco.

O pastor responsável por incitar o crime é Juan Gregorio Rocha Romero, de 23 anos, da Igreja Assembleia de Deus. Ele foi detido na última sexta-feira (24) junto com mais quatro pessoas acusadas de ter participação no crime. Vilma era mãe de duas meninas.

Notícias relacionadas