Mundo

EUA dizem que saída de Tillerson não afetará reunião entre Trump e Kim Jong-un

Além disso, ao ser perguntada sobre se a decisão do embaixador americano na Coreia do Sul, Joseph Yun, de deixar seu cargo alegando "motivos pessoais" poderia complicar a realização da reunião entre os líderes, a porta-voz insistiu que o aparato diplomático americano está "acima" de qualquer indivíduo. [Leia mais...]

[EUA dizem que saída de Tillerson não afetará reunião entre Trump e Kim Jong-un]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Março de 2018 ⋅ 12:40

Os Estados Unidos confirmaram ontem que ainda não há uma data para a realização de uma reunião entre o presidente Donald Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e informaram que a recente demissão do secretário de Estado, Rex Tillerson, não afetará o encontro. A informação é da EFE.

"A saída de Tillerson não significa que apertamos o botão de pausa", afirmou hoje a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, durante uma entrevista coletiva em Washington. "Temos muita gente que mantém relações e negociou com a Coreia do Norte", disse Heather, que ressaltou que os preparativos para o encontro estão em andamento, apesar de ainda não haver uma data concreta.

Além disso, ao ser perguntada sobre se a decisão do embaixador americano na Coreia do Sul, Joseph Yun, de deixar seu cargo por "motivos pessoais", poderia complicar a realização do encontro entre os líderes, a porta-voz insistiu que o aparato diplomático americano está "acima" de qualquer indivíduo.

Notícias relacionadas