Mundo

Segunda mulher tenta liberação de acordo de silêncio com Trump

A ex-modelo da Playboy, Karen McDougal, que afirma ter tido caso com o presidente americano Donald Trump, entrou com um processo hoje para que seja liberada do acordo legal de 2016 que a obriga a manter seu silêncio. As informações são do jornal New York Times. [Leia mais...]

[Segunda mulher tenta liberação de acordo de silêncio com Trump]
Foto : Reprodução/ Instagram

Por Marina Hortélio no dia 20 de Março de 2018 ⋅ 21:01

A ex-modelo da Playboy, Karen McDougal, que afirma ter tido caso com o presidente americano Donald Trump, entrou com um processo hoje para que seja liberada do acordo legal de 2016 que a obriga a manter o silêncio. As informações são do jornal New York Times.

McDougal processa a The National Enquirer, American Media Inc., empresa de David Pecker, amigo pessoal de Trump. A modelo alega que a corporação teria pago uma quantia de quase R$ 500 mil para que ela se calasse.

Esta é a segunda vez que uma mulher relata pressão dos aliados do presidente americano para manter os segredos dos casos extraconjugais do atual governante durante as eleições em 2016.

Stephanie Clifford, uma atriz pornô conhecida como  Stormy Daniels, afirmou ter recebido US$ 130 mil – entre R$ 430 mil – do advogado pessoal do presidente, Michael D. Cohen, para emudecer. A atriz, a primeira a denunciar Trump, entrou com um processo no início de março.

Notícias relacionadas