Mundo

Rússia anuncia expulsão de diplomatas de diversos países

Apoiada no que chama de princípio de reciprocidade, a Rússia anunciou hoje mais medidas de retaliação aos países que fizeram represálias contra a nação pelo caso do envenenamento do ex-agente duplo russo Sergei Skripal. [Leia mais...]

[Rússia anuncia expulsão de diplomatas de diversos países ]
Foto : Divulgação/MFA Rússia

Por Marina Hortélio no dia 30 de Março de 2018 ⋅ 15:41

Apoiada no que chama de princípio de reciprocidade, a Rússia anunciou hoje mais medidas de retaliação aos países que fizeram represálias contra a nação pelo caso do envenenamento do ex-agente duplo russo Sergei Skripal. Desta vez, embaixadores de países como Alemanha, França. Polônia, Espanha, Itália e Canadá foram convocados ao Ministério das Relações Exteriores da Rússia na capital Moscou.

De acordo com o ministro da pasta, foram convocados os países que tomaram medidas "hostis" contra a Rússia. Ainda segundo Sergey Lavrov, as respostas foram discutidas por Putin com membros do Conselho de Segurança do país.

Segundo o G1, a Chancelaria russa informou, via comunicado, que serão "entregues aos embaixadores notas de protesto e que eles serão informados sobre as medidas de resposta da parte russa". Ainda de acordo com as informações do site, pelo menos 21 diplomatas já tiveram expulsão confirmada. Dentre eles, quatro alemães, quatro poloneses, três tchecos, dois italianos e dois holandeses.

Na véspera, o país governado por Putin já havia expulsado 58 diplomatas e 2 funcionários americanos, além de fechar o consulado dos EUA em São Petersburgo. Medidas também já haviam sido tomadas contra o Reino Unido, com o corte de 23 diplomatas britânicos. Londres foi informado de que terá um mês para cumprir a medida.

Notícias relacionadas