Mundo

Justiça alemã nega extradição de Puigdemont

Uma corte judicial da Alemanha determinou que o ex-presidente regional da Catalunha Carles Puigdemont pode ser libertado a partir do pagamento de 75 mil euros como fiança e poderá aguardar em liberdade a decisão sobre sua possível extradição à Espanha. [Leia mais...]

[Justiça alemã nega extradição de Puigdemont]
Foto : Reprodução/ Instagram

Por Marina Hortélio no dia 05 de Abril de 2018 ⋅ 18:41

O tribunal estadual de Schleswig, na Alemanha, determinou que o ex-presidente regional da Catalunha Carles Puigdemont, exilado na Bélgica após a tentativa de independência da região, pode ser libertado a partir do pagamento de 75 mil euros (US$ 92 mil) como fiança e poderá aguardar em liberdade a decisão sobre a possível extradição à Espanha. As informações são da Associated Press.

O ex-presidente da região do país ibérico foi detido no dia 25 de março na Alemanha sob um mandado de prisão expedido pela Coroa. A passagem pelo país aconteceu enquanto ele voltava da Finlândia para a Bélgica.

A Corte decidiu hoje que Puigdemont não pode ser extraditado sob a acusação espanhola de rebelião, já que não existe um crime semelhante na legislação alemã.

Puigdemont também é acusado de uso indevido de fundos públicos, o que pode mandá-lo de volta à Espanha.

Notícias relacionadas