Mundo

Governo da Indonésia pondera transformar áreas devastadas em cemitérios

Os bairros de Balaroa e Petobo, na cidade de Palu, foram devastados pela terremoto seguido de tsunami

[Governo da Indonésia pondera transformar áreas devastadas em cemitérios]
Foto : Ulet Ifansasti/Getty Images

Por Marina Hortélio no dia 06 de Outubro de 2018 ⋅ 15:00

As atualizações mais recentes do governo da Indonésia apontam que o número de mortos do último terremoto na Indonésia, seguido de um tsunami, já chega a 1.649. A quantidade de vítimas fatais, porém, pode até triplicar após uma força-tarefa de buscas ser instaurada na região da cidade de Palu. O governo indonésio fala, inclusive, em transformar as áreas devastadas em cemitérios.

De acordo com o ministro da segurança da Indonésia, o ex-general Wiranto, o governo pondera a possibilidade de transformar os bairros de  Balaroa e Petobo, em Palu, em generalizadas valas comuns. Ambas regiões sofreram grandes danos com o desastre.

Casas inteiras foram soterradas nos locais, o que possivelmente enterrou centenas de vítimas. Na televisão local, Wiranto disse ainda que o governo discute com as autoridades locais e religiosas, e com as famílias das vítimas, a possibilidade de interromper a busca e transformar as áreas em valas comuns.

Notícias relacionadas