Mundo

Ex-advogado de Trump é condenado a 3 anos de prisão por crime eleitoral

Michael Cohen pagou mulheres para que elas não revelassem casos com o presidente

[Ex-advogado de Trump é condenado a 3 anos de prisão por crime eleitoral]
Foto : Yana Paskova/Getty Images

Por Lara Ferreira no dia 12 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:40

A Justiça dos Estados Unidos condenou hoje (12) Michael Cohen, ex-advogado de Donald Trump, a três anos de prisão por realizar pagamentos em dinheiro durante campanha eleitoral de 2016. 

Cohen pagou duas mulheres para ocultar os casos que tiveram com Trump na época em que ele concorria a presidente. A própria defesa do advogado declarou que ele era encarregado de “encobrir atos sujos” do republicano.

Em agosto, Cohen admitiu ter violado a lei eleitoral americana a pedido de Trump. Ele declarou ter feito pagamentos ilegais para a atriz pornô Stormy Daniels e para a ex-modelo da Playboy Karen McDougal.

Notícias relacionadas