Mundo

Guaidó convoca novas manifestações contra Maduro

Na terça-feira, oposicionista mobilizou protesto para tentar derrubar governo chavista, e houve confronto com forças de segurança.

[Guaidó convoca novas manifestações contra Maduro]
Foto : Cristian Hernández/AFP

Por Aline Reis no dia 01 de Maio de 2019 ⋅ 10:00

O autoproclamado presidente interino Juan Guaidó postou logo cedo nesta quarta-feira (1º) uma mensagem no Twitter instando os opositores de Nicolás Maduro a saírem às ruas novamente na Venezuela no Dia do Trabalhador. "Seguimos com mais força que nunca", diz.

A tentativa de novas mobilizações vem na sequência de um dia de distúrbios na Venezuela, em especial na capital Caracas, onde Guaidó tentou liderar um levante militar.

Ontem (30), o presidente autoproclamado apareceu com outro líder oposicionista, Leopoldo López, que estava em prisão domiciliar, e um grupo de soldados desertores, perto da base aérea La Carlota, considerada estratégica para a Venezuela, nas primeiras horas da manhã.

O líder oposicionista afirmava que conquistou o apoio dos militares venezuelanos, o que o regime chavista rechaçou. Houve confronto, e dezenas de pessoas ficaram feridas -- a imprensa local cita 57.

No fim do dia, Maduro afirmou que os militares que apoiaram Guaidó foram pagos pela oposição. O chavista ainda negou que tenha perdido respaldo das Forças Armadas e o controle da base de La Carlota.

Notícias relacionadas