Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Corte anula eleição em Istambul após derrota do partido do presidente

Ekrem Imamoglu havia tomado posse em 17 de abril, após duas semanas de recontagem de votos

[Corte anula eleição em Istambul após derrota do partido do presidente]
Foto : Pixabay

Por Juliana Rodrigues no dia 07 de Maio de 2019 ⋅ 13:40

Vinte dias após Ekrem Imamoglu passar a ocupar a cadeira de prefeito de Istambul, na Turquia, as autoridades eleitorais ordenaram, ontem (6), um novo pleito, anulando uma derrota do Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP), do presidente Recep Tayyip Erdogan. Ele havia tomado posse em 17 de abril, após duas semanas de recontagem de votos.

Imamoglu, que é membro do Partido Republicano do Povo (CHP, social-democrata, o principal da oposição), qualificou como traição a ordem de se repetir a eleição municipal, que foi vencida por ele em 31 de março com uma margem estreita. A vitória foi bastante contestada.

Segundo a comissão eleitoral turca, Imamoglu chegou a liderar a apuração por menos de 0,5%. Após uma recontagem dos votos, essa vantagem ficou ainda menor: 0,25%, o equivalente a cerca de 13 mil votos.

A decisão da corte deve aumentar a tensão na Turquia, que tem sido palco de conflitos por causa da má situação econômica do país e o crescente autoritarismo de Erdogan. A nova eleição está prevista para ocorrer em 23 de junho.

Notícias relacionadas