Mundo

Cuba permite a volta de médicos cubanos que ficaram no Brasil

Embora o governo tenha como regra proibir por oito anos o retorno dos profissionais, a decisão foi tomada em nome da "dignidade humana"

[Cuba permite a volta de médicos cubanos que ficaram no Brasil]
Foto : Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Maio de 2019 ⋅ 09:00

O governo de Cuba decidiu permitir a volta dos médicos cubanos que ficaram no Brasil após o fim do programa Mais Médicos.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, na Folha, embora o governo tenha como regra proibir por oito anos o retorno dos profissionais que decidem morar nos países para os quais foram enviados por Cuba, o Ministério da Saúde Pública justificou a medida afirmando que as promessas de emprego aos que decidiram ficar no Brasil não foram cumpridas. Sendo assim, os doutores podem retornar, em nome da "dignidade humana" e do direito à segurança.

Após o fim do Mais Médicos, surgiram vários relatos de médicos que passam por dificuldades no Brasil.

Notícias relacionadas