Mundo

Maior cidade da Guiné Equatorial completa três semanas sem água

Bata também ficou no escuro dias depois do corte de água

[Maior cidade da Guiné Equatorial completa três semanas sem água]
Foto : Reprodução/Youtube

Por Danielle Campos no dia 21 de Setembro de 2019 ⋅ 13:30

Bata, a maior cidade da Guiné Equatorial, está há mais de três semanas sem água corrente, segundo relatos de moradores à AFP. A cidade, que é motor econômico do país petroleiro da África Central, também ficou no escuro dias depois do corte de água. A eletricidade foi restabelecida dois dias depois.

O primeiro-ministro da Guiné Equatorial, Francisco Pascual Obama Asue, disse neste sábado (21), que a água corrente se restabeleceria nos próximos dias. “A empresa responsável pela água está executando os ajustes técnicos, peço-lhes que sejam pacientes”, declarou na emissora estatal, sem apresentar os motivos do corte de fornecimento. 

Os moradores relatam que se vêm obrigados a comprar água de quem possui cisternas para as necessidades diárias. Os 800 mil habitantes da capital econômica do país, situada na parte continental, enfrentam apagões regularmente.

Notícias relacionadas