Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Mundo

Morales diz que não se sente responsável pela crise na Bolívia

Ele reconheceu, entretanto, que possivelmente tenha cometido erros

Morales diz que não se sente responsável pela crise na Bolívia

Foto: Reprodução/Twitter

Por: Danielle Campos no dia 15 de novembro de 2019 às 15:00

O ex-presidente boliviano Evo Morales, declarou hoje (15) que não se sente responsável pela atual crise na Bolívia, mas reconheceu que possivelmente tenha cometido erros. Morales deu a declaração do México, que o concedeu asilo político.

De acordo com Morales, seu pior erro teria sido "derrotar os adversários". "Somos seres humanos, mas nunca pensamos em prejudicar o povo boliviano", disse. Ele também afirmou que por enquanto não se vê de volta à presidência da Bolívia e, segundo ele, o país está no estágio de recuperar a democracia e derrotar a ditadura. "Estou feliz, porque agora saberão quem somos", completou.

Ontem (14), o ex-presidente pediu ao papa Francisco e à Organização das Nações Unidas (ONU) que intercedam para "pacificar" o país em convulsão. Após a renúncia e saída de Morales do país, Jeanine Áñez, senadora de oposição do partido Unidad Demócrata, declarou-se presidente da Bolívia. Ela removeu a cúpula militar e prometeu eleições "no menor tempo possível".

Morales diz que não se sente responsável pela crise na Bolívia - Metro 1