Mundo

Mais de 100 pessoas morreram em confrontos no Irã, segundo Anistia Internacional

Governo não divulgou informações sobre os protestos e restringiu acesso à internet no país

[Mais de 100 pessoas morreram em confrontos no Irã, segundo Anistia Internacional]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Catarina Lopes no dia 20 de Novembro de 2019 ⋅ 18:32

A Anistia Internacional divulgou estimativa que 106 pessoas morreram em 21 cidades durante protestos no Irã. O país está enfrentando uma onda de protestos desde a última sexta feira, quando o governo elevou os preços da gasolina em 50% para quem compra até 60 litros por mês.

A organização acredita que o número de mortes pode ser ainda maior, chegando a 200. Com base em vídeos, testemunhas e informações conseguidas por ativistas dos direitos humanos fora do Irã, a Anistia apontou um padrão de assassinatos cometidos por forças iranianas.

“A frequência e persistência do uso de força letal contra manifestantes pacíficos nestes protestos, assim como a impunidade sistêmica para agentes de forças de segurança que matam estes manifestantes, aumentam o medo que o uso letal e intencional de armas de fogo para acabar com protestos seja parte da política do Estado”, disse o diretor de pesquisa da AI para o Oriente Médio e norte da África, Philip Luther.

Notícias relacionadas