Mundo

Médico que esteve com Putin está com coronavírus

Denis Protsenko foi fotografado apertando as mãos do presidente russo

[Médico que esteve com Putin está com coronavírus]
Foto : RT Russian

Por Juliana Rodrigues no dia 31 de Março de 2020 ⋅ 14:20

O médico Denis Protsenko, que acompanhou o presidente russo, Vladimir Putin, durante uma visita na semana passada ao principal hospital para tratamento da Covid-19, em Moscou, confirmou que está com coronavírus. A informação foi divulgada hoje (31) pelo profissional, em suas redes sociais. O médico confirmou o teste positivo e disse que está em boas condições de saúde.

"Estou em meu escritório com todas as condições para trabalho remoto, gerenciamento e acompanhamento médico. Acho que a imunidade desenvolvida para este mês está fazendo sua parte", escreveu Protsenko.

Segundo a agência Reuters, Putin visitou o hospital de Kommunarka na última terça (24), quando conversou com Protsenko. O presidente russo usou um traje de proteção durante a visita ao hospital, quando esteve com alguns pacientes. Mas ele não usava o equipamento durante uma reunião com Protsenko, com quem foi fotografado apertando as mãos.

O governo russo afirma que Putin está sendo testado regularmente para detectar coronavírus e que "está tudo bem". A Rússia tem 2.337 casos confirmados de coronavírus, com 17 mortes.

Notícias relacionadas