Mundo

Mesmo sem bloqueio total, Suécia falha em evitar recessão

Banco Central do país fez projeção de queda de até 10% do PIB neste ano

[Mesmo sem bloqueio total, Suécia falha em evitar recessão]
Foto : Pixabay

Por Metro1 no dia 17 de Maio de 2020 ⋅ 12:00

O governo da Suécia não adotou quarentena radical para conter o coronavírus e teve resultados inconclusivos. Embora não tenha vivido situação semelhante à da Itália, o país teve muito mais mortos do que os vizinhos da Escandinávia. No entanto, mesmo sem bloqueio total, a economia entrou em recessão, como visto no restante da Europa. 

Na semana passada, o Banco Central da Suécia projetou que o PIB do país deve ser reduzido entre 7% e 10% neste ano, estimativa comparável aos outros países da União Europeia que adotaram medidas radicais de isolamento – a Comissão Europeia projeta que a economia do bloco sofrerá uma contração de 7,5%.

Políticos americanos vêm elogiando a resposta moderada da Suécia ao surto, por considerarem o país como um possível modelo para os EUA. Porém, mesmo evitando os números devastadores de outros países, a Suécia teve um aumento expressivo de mortes nas últimas semanas, ultrapassando o registrado em cidades americanas como Boston e Chicago.

Em toda a Suécia, quase 30% a mais de pessoas morreram durante a epidemia do que o normal nesta época do ano, o mesmo patamar atingido pelos Estados Unidos e muito superior ao de países vizinhos com sistemas de saúde bem estruturados e baixa desigualdade social.

Notícias relacionadas