Mundo

Morte de homem negro sob custódia da polícia causa onda de revolta e protestos nos EUA

Na última segunda-feira (25), um policial se ajoelhou no pescoço de um suspeito de ter feito compras com notas falsas por quase oito minutos, até sua morte

[Morte de homem negro sob custódia da polícia causa onda de revolta e protestos nos EUA]
Foto : Reprodução/GloboNews

Por Kamille Martinho no dia 28 de Maio de 2020 ⋅ 17:20

Após a morte de um homem negro, George Floyd, na segunda-feira (25), sob custódia da polícia, um corpo foi encontrado hoje (28) em meio aos protestos na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos. Este já é o segundo dia de manifestações.

Na segunda, a polícia tentou prender Floyd do lado de fora de um supermercado de Minneapolis, porque ele era suspeito de ter feito compras com notas falsas. Um espectador gravou a abordagem da polícia. Um policial se ajoelhou no pescoço de Floyd por quase oito minutos, até sua morte.

Os manifestantes começaram a se reunir no início da tarde de ontem (27), perto da 3ª delegacia da cidade, onde Floyd morreu. Os manifestantes também entraram em conflito com os policiais, que dispararam balas de borracha e gás lacrimogêneo em uma repetição do confronto de terça-feira à noite. Os saques continuaram nesta quinta-feira em lojas, que tiveram janelas quebradas e portas arrombadas.

Notícias relacionadas