Mundo

Manifestantes incendeiam delegacia em 3º dia de protestos contra morte de negro por policial nos EUA

Em postagem sobre o caso, presidente Donald Trump sugeriu o uso de armas de fogo contra os participantes do protesto

[Manifestantes incendeiam delegacia em 3º dia de protestos contra morte de negro por policial nos EUA]
Foto : Reprodução / CNN

Por Juliana Rodrigues no dia 29 de Maio de 2020 ⋅ 11:20

Manifestantes incendiaram uma delegacia em Minneapolis, cidade do estado americano de Minnesota, ontem (28), no terceiro dia de protestos após o assassinato de George Floyd, um homem negro que teve o pescoço prensado contra o chão pelo joelho de um policial branco (leia mais).

Os policiais saíram do prédio antes do início do incêndio. Não há detalhes sobre feridos. Mais cedo, o governador Tim Waltz havia acionado a Guarda Nacional, que enviou cerca de 500 soldados para ajudar a conter os protestos contra a violência policial. Nos últimos dias, foram registrados saques e atos de vandalismo.

A medida de Waltz recebeu apoio do presidente Donald Trump, que colocou as tropas federais à disposição das autoridades de Minnesota. No Twitter, Trump chamou os manifestantes de "bandidos" e sugeriu o uso de armas de fogo para interromper a onda de saques. A postagem recebeu um aviso do Twitter, dizendo que o conteúdo viola as regras da rede social por promover a "glorificação da violência".

Notícias relacionadas