Mundo

Vacina russa: sem pedido à Anvisa, testes no Brasil começam nesta quarta

"Desta forma, não é possível para a agência fazer qualquer avaliação ou pronunciamento em relação a segurança e eficácia do produto", afirmou o órgão, em uma nota

[Vacina russa: sem pedido à Anvisa, testes no Brasil começam nesta quarta]
Foto : Jefferson Peixoto/Secom

Por Kamille Martinho no dia 11 de Agosto de 2020 ⋅ 19:00

O site da nova vacina russa contra Covid-19 indica que o Brasil participará da fase 3 dos estudos clínicos, que tem previsão para começar amanhã (12). A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entretanto, afirmou hoje (12) que o laboratório, responsável pelo imunobiológico, não pediu registro no Brasil.

A Anvisa só começa a avaliar um produto médico a partir da solicitação do laboratório farmacêutico. "Desta forma, não é possível para a agência fazer qualquer avaliação ou pronunciamento em relação a segurança e eficácia deste produto antes que tenha acesso a dados oficiais apresentados pelo laboratório", afirmou o órgão, em uma nota.

Ao todo, serão 2 mil participantes. Além dos brasileiros, ainda deve haver voluntários da própria Rússia, dos Emirados Árabes, da Arábia Saudita e do México.

Os responsáveis pela vacina não divulgaram eventuais parceiros na condução dos testes no Brasil ou cidades onde os testes serão conduzidos.

Notícias relacionadas